100%

A partir de julho, boleto vencido poderá ser pago em qualquer banco

A partir do mês de julho, os boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. O novo sistema para pagamentos de boletos fará o cálculo de juros e multa do boleto atrasado automaticamente, o que reduzirá a necessidade de ir a um guichê de caixa e eliminará a possibilidade de erros no cálculo.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a nova plataforma vai reduzir fraudes na emissão de boletos de condomínios, escolas e seguradoras, por exemplo. A federação lembra que quadrilhas enviam boletos falsos às casas, que acabam sendo pagos como se fossem verdadeiros, gerando prejuízos. Há também casos de sites maliciosos que emitem “segundas vias” com informações fraudulentas, além de vírus instalados em computadores.

A implantação da nova plataforma seguirá um cronograma: a partir de 10 de julho, para boletos acima de R$ 50 mil; 11 de setembro, acima de R$ 2 mil; 13 de novembro, acima de R$ 200; e em 11 de dezembro, todos os boletos. Segundo Tadeu, esse cronograma é necessário para evitar falhas no sistema.

Agência CNM, com informações da EBC


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios

Notícias

Microempreendedor individual pode pagar tributos com débito automático
Microempreendedor individual pode pagar tributos com débito automático

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) podem pagar o Documento e Arrecadação do Simples Nacional (DAS) por meio de débito automático. Desde a última quinta-feira, 18 de maio, a operação está disponível no portal do Simples Nacional. Com isso, o método de pagamento de tributos mensais será facilitado. Para usar essa ferramenta, basta que o MEI acesse ao portal do Simples Nacional e preencha os dados de acesso. Para optar por essa forma de pagamento, o MEI deve possuir conta...

A partir de julho, boleto vencido poderá ser pago em qualquer banco
A partir de julho, boleto vencido poderá ser pago em qualquer banco

A partir do mês de julho, os boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. O novo sistema para pagamentos de boletos fará o cálculo de juros e multa do boleto atrasado automaticamente, o que reduzirá a necessidade de ir a um guichê de caixa e eliminará a possibilidade de erros no cálculo. De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a nova plataforma vai reduzir fraudes na emissão de boletos de condomínios, escolas e seguradoras, por exemplo. A federação...

PEC do foro privilegiado e do Simples Municipal entram na discussão do Plenário do Senado
PEC do foro privilegiado e do Simples Municipal entram na discussão do Plenário do Senado

O Plenário do Senado começou a discutir nesta terça-feira, 2 de maio, na primeira sessão de debate do segundo turno a Proposta de Emenda à Constituição 10/2013, que acaba com o foro privilegiado. Apresentada pelo senador Alvaro Dias (PV-PR), a matéria estará em pauta na próxima sessão deliberativa, para a segunda e a terceira discussão. Ao todo, são cinco sessões de discussão. A PEC determina o fim do foro por prerrogativa de função para todas as autoridades brasileiras,...

Cartão Reforma entra na pauta do Senado e Fundeb permanente vai para discussão da Câmara
Cartão Reforma entra na pauta do Senado e Fundeb permanente vai para discussão da Câmara

A pauta do Plenário do Senado está trancada pela Medida Provisória (MP) 751/2016, que cria o Programa Cartão Reforma. A matéria foi aprovada na Câmara no início da semana passada e encaminhada aos senadores. Uma vez aprovada, ficará instituído benefício financeiro a famílias de baixa renda para aquisição de materiais de construção destinados à reforma, ampliação ou conclusão de moradias. O subsídio pode chegar a R$ 9 mil para a aquisição de materiais de construção...

Servidores estaduais e municipais ficam de fora da reforma da Previdência, anuncia Temer
Servidores estaduais e municipais ficam de fora da reforma da Previdência, anuncia Temer

O presidente da República, Michel Temer, fez um pronunciamento às pressas no início da noite desta terça-feira, 21 de março: a proposta da reforma da Previdência não vai mais incluir a revisão das regras para servidores estaduais e municipais. Este é o primeiro recuo oficial do governo para o projeto da reforma. O presidente disse que tomou a decisão após várias reuniões com lideranças da Câmara e do Senado nos últimos dias. Nesses encontros, segundo ele, \"surgiu com...