100%

Regimes Próprios de Previdência Social têm novas regras para avaliações atuariais

A Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda estabeleceu novas normas aplicáveis às avaliações atuariais e apresenta novos parâmetros para definição do plano de custeio e equacionamento do déficit atuarial dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). A Portaria 464, publicada nesta segunda-feira, 19 de novembro, revoga a Portaria do Ministério da Previdência Social (MPS) 403/2008.

De acordo com a nova portaria, deverão ser realizadas avaliações atuariais anuais com data focal em 31 de dezembro de cada exercício que se refiram ao cálculo dos custos e compromissos com o plano de benefícios do RPPS de obrigações com início no primeiro dia do exercício seguinte.

Os fluxos atuariais passam a ser distintos por agente público - civil ou militar - e no caso de segregação de massa por fundo em capitalização e fundo em repartição, apresentando, entre outros, as projeções relativas aos segurados ativos considerados como riscos iminentes.

A Portaria 464/2018 ainda dispõe sobre os regimes financeiros e os métodos de financiamento aplicáveis, e quanto ao aporte de bens, direitos e demais ativos aos RPPS. A Secretaria de Previdência editará as instruções normativas necessárias à execução da nova portaria e para atendimento dos casos omissos.

Confira a Portaria 464/2018 na íntegra.

Da Agência CNM de Notícias


Fonte: Portal CNM - Confederação Nacional de Municípios
Protocolos desta Publicação:Criado em: 22/11/2018 - 10:15:48 por: Adonis Amauri Schneider - Alterado em: 22/11/2018 - 10:15:48 por: Adonis Amauri Schneider

Notícias

Chuvas no RS: 11 Municípios estão em Situação de Emergência
Chuvas no RS: 11 Municípios estão em Situação de Emergência

As fortes chuvas que atingiram o Estado do Rio Grande do Sul nos últimos dias já deixaram cerca de 4,8 mil pessoas fora de suas casas, conforme o último balanço da Defesa Civil. Um total de 11 Municípios decretaram Situação de Emergência (SE) por conta dos alagamentos e enchentes provocadas pelas chuvas no Estado, principalmente na Fronteira Oeste. Ainda segundo a Defesa Civil estadual, divulgado às 17h deste domingo, 13 de janeiro, cerca de 3.340 pessoas estão desalojadas e 1.552...

Regimes Próprios de Previdência Social têm novas regras para avaliações atuariais
Regimes Próprios de Previdência Social têm novas regras para avaliações atuariais

A Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda estabeleceu novas normas aplicáveis às avaliações atuariais e apresenta novos parâmetros para definição do plano de custeio e equacionamento do déficit atuarial dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS). A Portaria 464, publicada nesta segunda-feira, 19 de novembro, revoga a Portaria do Ministério da Previdência Social (MPS) 403/2008. De acordo com a nova portaria, deverão ser realizadas avaliações atuariais anuais...

Eleições 2018: hoje é o último dia para tirar ou transferir título de eleitor
Eleições 2018: hoje é o último dia para tirar ou transferir título de eleitor

Quem precisar tirar ou transferir o título de eleitor, fazer alguma alteração cadastral tem até esta quarta-feira, 9 de maio, para procurar a Justiça Eleitoral. O primeiro turno acontece em 7 de outubro e o segundo turno, se houver, no dia 28 do mesmo mês. Hoje também é o último dia para que eleitores com deficiência ou mobilidade reduzida solicitem transferência para uma seção eleitoral com acessibilidade e para que transsexuais ou travestis, incluam o nome social no título de...

NOTA DE FALECIMENTO
NOTA DE FALECIMENTO

Noticiamos o trágico acidente que vitimou o colega e amigo GILBERTO SLOCZINSKI. Acidente ocorrido no dia 03/04/18 por volta das 17 horas na Rua do Progresso. Externamos nosso profundo pesar a todos os familiares e amigos.

Implementação do eSocial se dará por fases a partir do primeiro semestre deste ano
Implementação do eSocial se dará por fases a partir do primeiro semestre deste ano

O Comitê Gestor do eSocial anunciou que o cronograma de implantação do sistema será realizado em cinco fases a partir do primeiro semestre de 2018. No primeiro momento, a medida é voltada para empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões anuais, que passam ter a utilização obrigatória do sistema a partir de 8 de janeiro de 2018. Esse grupo representa 13.707 mil empresas e cerca de 15 milhões de trabalhadores, aproximadamente 1/3 do total de trabalhadores do país.A...